Psicomotricidade

A Psicomotricidade é uma prática de mediação corporal que permite o desenvolvimento psicomotor através do movimento e da regulação tónico-emocional. Promove a funcionalidade motora, explorando vivências tónico-afetivas e cognitivas, estruturando o espaço e o tempo, estimulando a comunicação e a relação com os outros.

É uma terapia facilitadora para elaboração e execução adequadas da ação motora e comportamental, na consciencialização e adaptação social através da experiência.

A Psicomotricidade consiste na educação do movimento pelo pensamento e do pensamento pelo movimento, partindo como base de intervenção os 7 fatores psicomotores (tonicidade, equilíbrio, noção do corpo, lateralidade, estrutura espácio-temporal, motricidade global e fina), essenciais à autonomia e qualidade de vida de cada individuo. Desta forma a Psicomotricidade permite promover o conhecimento do seu próprio corpo e a sua relação com o mundo, sendo uma das populações-alvo, crianças e jovens com perturbações do desenvolvimento.

Segundo Associação Portuguesa de Psicomotricidade (link) os objetivos gerais da Psicomotricidade são:

- Cooperar no desenvolvimento global do indivíduo e na promoção da sua saúde e qualidade de vida;

- Promover o equilíbrio entre o psiquismo e o somático, através da mediação corporal, atribuindo significação simbólica ao corpo em ação;

- Estimular competências na vertente cognitiva, linguagem, psicoafectiva, motora e social, através da relação ação-pensamento.